Google+ Followers

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Escrita cursiva para alunos com Deficiência Visual

 Escrita Cursiva para os alunos com deficiencia visual tem como objetivo principal ensinar a alunos cegos ou com baixa visão a assinatura do próprio nome. “Se a pessoa deficiente visual não assinar sua própria Carteira de Identidade, recebe o rótulo de não-alfabetizado, ainda que esta não seja sua realidade”, os alunos têm o direito de ser identificados como alfabetizados. A grande maioria é cega de nascença, porque as pessoas cuja deficiência foi adquirida normalmente são capazes de assinar, eles mantem a memoria visual das letras e do movimento. Poder assinar o próprio documento de identidade é muito importante. Dá um status maior de cidadania”.



O trabalho da letra cursiva é realizado com o assinador que limitará o espaço, os movimentos são tabalhados com letras em relevo e como celas vazadas.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Movimento co-ativo


                                                                                                                                                                 movimento co-ativo é utilizado no trabalho de   Integração Sensorial com Deficientes Multiplos e  Deficientes Visuais. Movimento que ocorre mão sobre mão, caracterizada pela ampliação comunicativa entre o estimulador e a criança, ou seja a criança precisa da informação concreta utilizando de mais canais de entrada para a informação,  para que a comunicação o ocorra.  Ouvir e ver não é suficiente, torna-se necessário ações junto à criança, numa integração sensorial: ver, ouvir e tocar . O contato lado a lado, com apresentação simultânea da palavra e a ação, ao longo do trabalho o movimento co-ativo vai se distanciando e o movimento irá ser  ampliado,e aprendido.
O objetivo deste trabalho, consiste em ampliar a comunicação e a ação motora da criança como também possibilitar o desenvolvimento da habilidade de antecipação de acontecimentos em uma área determinada. (Cader-Nascimento & Costa, 2002).
Exemplificando: O professor segura na mão da criança e realiza um movimento para evidenciar que a atividade irá começar, com a apresentação simultânea da palavra, esta ação realiza-se em primeiro momento a mão da criança sobre a do educador, quando estabelecida a ação passe-se para o segundo momento que a mão do educador sobre a mão da criança para  realizar o movimento, estabelecida esta ação a criança  irá mais precisar do movimento co-ativo.   



Aprendendo gestos naturais
Van Dijk (1968) afirma que os gestos naturais surgem a partir das experiências com as
qualidades motoras dos objetos, sendo constituídos por movimentos das mãos quase iguais
aos objetos da ação. Stillman & Battler (1984) sugerem que os gestos devem ser espontâneos,
e não criados em situações estruturadas. Deste modo vamos proporcionar ao nossos alunos situações espontâneas com brincadeiras para que aprendam!





  























Referência

Biblioteca Braille em Poá criada para prover a informação e cultura aos Deficientes Visuais do Município e Região.

 
O serviço de empréstimo vem cumprindo sua missão de levar informação e cultura aos  Deficiente Visuais da Rede Municipal de Ensino, para os munícipes e moradores dos Municípios vizinhos como é o caso do Sr. Brasilino Manoel da silva,  morador de Itaquaquecetuba que  interage com biblioteca fazendo seus empréstimos  mês a mês, para estar informado  e se divertir. Os livros da Biblioteca são compartilhados por muitos, a expectativa é que mais usuários desfrutem deste benefício.
Shirley Lopes - atendente da Biblioteca Braille

     O EMPRÉSTIMO É FACULTADO AO: 
  • Docentes em geral
  • Alunos da Rede Municipal de Poá
  • Alunos especiais do NAPES;
  • Alunos da Rede Estadual e do Ensino Particular do Muncípio.
  •  Familiares dos alunos especiais NAPES;
  • Técnicos do NAPES/NUDE;  
  • Funcionários;
  • Moradores da Região
  • Moradores do Município em geral. 

 

Sr. Brasilino Manoel da Silva- Defiicente Visual- Morador de Itaquaquecetuba

USO DA BIBLIOTECA


 Os interessados em usar a Biblioteca precisam trazer o RG e comprovante de endereço para preenchimento de ficha do cadastro de usuários da biblioteca e também preencher autorização de imagem. A ficha de inscrição permite ao usuário utilizar o serviço de empréstimo, de livros e livros em áudio.Os usuários inscritos terão diferentes condições de prazo para empréstimo, número de itens emprestados, de acordo com a categoria do usuário.
                                                                              
  HORÁRIO
A biblioteca funciona das 13:30 à 16:00 horas, as sexta-feira.

 LOCAL

Secretaria Municipal de Educação de Poá
Rua Dr. Luiz Pereira Barreto, 662 – Vila Julia - Poá
Tel. 46364485 - 46395818


    

12ª Festa do Livro

 

 
    Nos próximos dias 24, 25 e 26 de novembro, a EDUSP promove a 12ª Festa do Livro, das 9h às 21h, no prédio dos Departamentos de Geografia e História, na Cidade Universitária, em São Paulo. A Festa do Livro é um evento tradicional na Universidade e é uma excelente oportunidade para a comunidade universitária adquirir livros de qualidade a preços especiais, com desconto mínimo de 50% sobre o preço de capa. Essa margem de desconto é possível porque a venda é realizada diretamente pelas editoras. Estão confirmadas as presenças de 120 editoras nesta edição da Festa. O perfil das editoras é bastante diversificado e inclui livros acadêmicos, de ficção, infantis, de arte, oferecendo ao público cerca de 60 mil títulos. As editoras participantes têm ainda como compromisso doar cinco títulos de seu catálogo ao Sistema Integrado de Bibliotecas – SIBi, para incrementar o acervo das bibliotecas da Universidade.
O endereço da 12ª edição da Festa do Livro é Av. Prof. Lineu Prestes, 338, Cidade Universitária, São Paulo. Informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3091-1617.
(Com informações do setor de Divulgação da Edusp)
http://www.usp.br/imprensa/?p=5170

terça-feira, 8 de novembro de 2011

VIII Simpósio de Educação Musical Especial


Tema: A música voltou às escolas... e como fica a inclusão?
26 e 27/11/2011

Local: EMPEM – Piracicaba
R. Santa Cruz, 1155 – Centro- Piracicaba/SP
Tel (19) 3422-2464/ (19) 3422-6270


APRESENTAÇÃO
Neste ano de 2011 o Simpósio de Educação Musical Especial traz como tema a volta da Educação Musical às escolas públicas, em decorrência da promulgação da Lei 11.769 de 2008. Aliada às políticas públicas de inclusão, faz-se premente a discussão sobre a Educação Musical neste contexto. Que estratégias devem ser utilizadas? Como os futuros professores estão sendo preparados? Quais são os saberes necessários? Estas são questões que nortearão as atividades desta edição.
Na programação do evento são previstas diferentes atividades, a partir das quais um debate mais aprofundado sobre inclusão e arte (especialmente música) possa gerar reflexões e ações efetivas que estejam em consonância com os indicativos das políticas públicas em vigor e com os anseios de todos os que se preocupam com a Educação Inclusiva e com a Educação Musical.

Maiores informações e inscrições pelo site
VAGAS LIMITADAS

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Sugestões de atividades para alunos com Deficiência Visual (1º Ano)


 

1. Exploração da linguagem oral em situações comunicativas (Conversas proporcionadas, dialogo,...
2. Exploração da linguagem escrita em Braille (Próprio nome, nome dos familiares, etc.)
3. Ouvir atentamente (momento de leitura de historias, nas conversas, instrução de brincadeiras, musica etc.) O aluno dever ser orientado para o canal de voz;, ou seja olhar para quem esta falando;
4. Falar dirigindo o olhar a quem fala (durante os momentos da aula, em solicitações do professor)
5. Expressar-se (brincadeiras, músicas e sentimentos);
6.Escrever (uso do lápis e caderno treino do alfabeto a tinta, (para assinatura de documentos no futuro);
7.Interagir com os alunos, funcionários e demais professores;
8.Leitura Braille
9. Uso do alfabeto móvel em Braille tamanho maior e definindo lado para não confundi-los com uma marca.
10. (Fichas de figuras em relevo, utilizando vários materiais como por exemplo: , EVA, Cola colorida, tinta de relevo, tecidos, etc)
11. Participação de produção de texto oral;
12. Empréstimo de livro, Braille, rótulos que tenha a impressão em Braille;
13. Solicitar participação na organização da sala.
14 Enviar recados pra a apropriação do espaço escolar promovendo situações de orientação e mobilidade;
  

INTERVENÇÕES

1. Permitir que o aluno participe das situações de dialogo o professor pergunta, pedindo que o aluno olhe para ele, para buscar o canal de voz e não se perder olhando para lado oposto de quem esta falando;
2.Utilizar letras móveis com as combinações numéricas do Braill;
3.Ler em voz alta em todas as situações, mais de um ama vez, fazendo perguntas para prender a atenção e orientar de maneira que busque a face de quem fala (canal de voz);
4.Agrupar o aluno com colegas que estão dispostos a auxiliá-lo, porem propor situações que garantam o conto com todos por meio de brincadeiras e de movimentos, utilizar o próprio aluno para demonstrar o movimento ficando sempre atrás do aluno com Deficiência Visual, descrevendo os detalhes da brincadeira;







6. Proporcionar o uso do lápis e do caderno gradualmente, as letras devem estar em revelo inicialmente, fazer uma lacuna com papel cartão para delimitar o espaço a ser utilizado pelo DV na assinatura do nome; Solicitar a escrita do nome a partir de modelo;
7. Perguntar sempre colmo prefere que seja guiado pelo professor ou pelos alunos da classe, como também com os funcionários
8 a 12.Apresentar objetos para apoiar a leitura concretizando para o aluno DV e fazendo perguntas: Você conhece esse objeto? (Se não ajudá-lo com comparações e descrição das funções do objeto ou miniatura de frutas , animais etc.) relacionando o objeto ou miniatura ao texto, a atividade favorece a criança a ampliar o conhecimento, atribuindo sentido as situações de aprendizagem e se contextualize.


OBSERVAÇÕES : A sugestões foram proposta sobre as Expectativa de Aprendizagem  propostas no RAADI para o 1º ano (Referencial sobre avaliação da aprendizagem  na área da deficiencai Intelecutal). As atividades predominantemente devem ser adaptadas com antecedência com percepção tátil , olfativa, auditiva ou outra referência que concretize . Para filmes é necessário que seja descrito. Figuras e símbolos em relevo, Educação Física adaptadas com sinais sonoros , barras , cordas delimitando o espaço, demonstrar o exercício com o copor do próprio aluno, sempre estando atrás do aluno . O alfabeto Braille pode ser confeccionado com caixas de papelão, embalagens de ovos, bolinha de desodorantes, cartões com grãos, botões, EVA, para matemática, coleções de tampinhas, botões, etc. material dourado, ábaco e soroban. As atividades direcionadas ao aluno com baixa visão ou visão subnormal devem ser adaptadas com fontes ampliadas, e adaptações que se referem a contextualização e descrição das atividades. 

Referencias:

terça-feira, 1 de novembro de 2011

305 Livros grátis . Uma bela biblioteca digital, desenvolvida em software livre, mas que está prestes a ser desativada por falta de acessos. O Ministério da Educação quem disponibiliza tudo isso,basta acessar o site: www.dominiopublico.gov.br. É só clicar no título e começar a ler!


1.
A Divina Comédia -Dante Alighieri
2.
A Comédia dos Erros -William Shakespeare
3.
Poemas de Fernando Pessoa -Fernando Pessoa
4.
Dom Casmurro -Machado de Assis
5.
Cancioneiro -Fernando Pessoa
6.
Romeu e Julieta -William Shakespeare
7.
A Cartomante -Machado de Assis
8.
Mensagem -Fernando Pessoa
9.
A Carteira -Machado de Assis
10.
A Megera Domada -William Shakespeare
11.
A Tragédia de Hamlet, Príncipe da Dinamarca -William Shakespeare
12.
Sonho de Uma Noite de Verão -William Shakespeare
13.
O Eu profundo e os outros Eus. -Fernando Pessoa 
14. Dom Casmurro -Machado de Assis
15..
Do Livro do Desassossego -Fernando Pessoa
16.
Poesias Inéditas -Fernando Pessoa
17.
Tudo Bem Quando Termina Bem -William Shakespeare
18.
A Carta -Pero Vaz de Caminha
19.
A Igreja do Diabo -Machado de Assis
20.
Macbeth -William Shakespeare
21.
Este mundo da injustiça globalizada -José Saramago
22.
A Tempestade -William Shakespeare
23.
O pastor amoroso -Fernando Pessoa
24.
A Cidade e as Serras -José Maria Eça de Queirós
25.
Livro do Desassossego -Fernando Pessoa
26.
A Carta de Pero Vaz de Caminha -Pero Vaz de Caminha
27.
O Guardador de Rebanhos -Fernando Pessoa
28.
O Mercador de Veneza -William Shakespeare
29.
A Esfinge sem Segredo -Oscar Wilde
30.
Trabalhos de Amor Perdidos -William Shakespeare
31.
Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
32.
A Mão e a Luva -Machado de Assis
33.
Arte Poética -Aristóteles
34.
Conto de Inverno -William Shakespeare
35.
Otelo, O Mouro de Veneza -William Shakespeare
36.
Antônio e Cleópatra -William Shakespeare
37.
Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões
38.
A Metamorfose -Franz Kafka
39.
A Cartomante -Machado de Assis
40.
Rei Lear -William Shakespeare
41.
A Causa Secreta -Machado de Assis
42.
Poemas Traduzidos -Fernando Pessoa
43.
Muito Barulho Por Nada -William Shakespeare
44.
Júlio César -William Shakespeare
45.
Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente
46.
Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa
47.
Cancioneiro -Fernando Pessoa 
47. Cancioneiro -Fernando Pessoa
48.
Catálogo de Autores Brasileiros com a Obra em Domínio Público -Fundação Biblioteca Nacional
49.
A Ela -Machado de Assis
50.
O Banqueiro Anarquista -Fernando Pessoa
51.
Dom Casmurro -Machado de Assis
52.
A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho
53.
Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa
54.
Adão e Eva -Machado de Assis
55.
A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo
56.
A Chinela Turca -Machado de Assis
57.
As Alegres Senhoras de Windsor -William Shakespeare
58.
Poemas Selecionados -Florbela Espanca
59.
As Vítimas-Algozes -Joaquim Manuel de Macedo
60.
Iracema -José de Alencar
61.
A Mão e a Luva -Machado de Assis
62.
Ricardo III -William Shakespeare
63.
O Alienista -Machado de Assis
64.
Poemas Inconjuntos -Fernando Pessoa
65.
A Volta ao Mundo em 80 Dias -Júlio Verne
66.
A Carteira -Machado de Assis
67.
Primeiro Fausto -Fernando Pessoa
68.
Senhora -José de Alencar
69.
A Escrava Isaura -Bernardo Guimarães
70.
Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
71.
A Mensageira das Violetas -Florbela Espanca
72.
Sonetos -Luís Vaz de Camões
73.
Eu e Outras Poesias -Augusto dos Anjos
74.
Fausto -Johann Wolfgang von Goethe
75.
Iracema -José de Alencar
76.
Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa
77.
Os Maias -José Maria Eça de Queirós 
78. O Guarani -José de Alencar
79.
A Mulher de Preto -Machado de Assis
80.
A Desobediência Civil -Henry David Thoreau
81.
A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio
82.
A Pianista -Machado de Assis
83.
Poemas em Inglês -Fernando Pessoa
84.
A Igreja do Diabo -Machado de Assis
85.
A Herança -Machado de Assis
86.
A chave -Machado de Assis
87.
Eu -Augusto dos Anjos
88.
As Primaveras -Casimiro de Abreu
89.
A Desejada das Gentes -Machado de Assis
90.
Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa
91.
Quincas Borba -Machado de Assis
92.
A Segunda Vida -Machado de Assis
93.
Os Sertões -Euclides da Cunha
94.
Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa
95.
O Alienista -Machado de Assis
96.
Don Quixote. Vol. 1 -Miguel de Cervantes Saavedra
97.
Medida Por Medida -William Shakespeare
98.
Os Dois Cavalheiros de Verona -William Shakespeare
99.
A Alma do Lázaro -José de Alencar
100.
A Vida Eterna -Machado de Assis
101.
A Causa Secreta -Machado de Assis
102.
14 de Julho na Roça -Raul Pompéia
103.
Divina Comedia -Dante Alighieri
104.
O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós
105.
Coriolano -William Shakespeare
106.
Astúcias de Marido -Machado de Assis
107.
Senhora -José de Alencar
108.
Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente
109.
Noite na Taverna -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
110.
Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
111.
A 'Não-me-toques' ! -Artur Azevedo
112.
Os Maias -José Maria Eça de Queirós
113.
Obras Seletas -Rui Barbosa
114.
A Mão e a Luva -Machado de Assis
115.
Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco 
116. Aurora sem Dia -Machado de Assis
117.
Édipo-Rei -Sófocles
118.
O Abolicionismo -Joaquim Nabuco
119.
Pai Contra Mãe -Machado de Assis
120.
O Cortiço -Aluísio de Azevedo
121.
Tito Andrônico -William Shakespeare
122.
Adão e Eva -Machado de Assis
123.
Os Sertões -Euclides da Cunha
124.
Esaú e Jacó -Machado de Assis
125.
Don Quixote -Miguel de Cervantes
126.
Camões -Joaquim Nabuco
127.
Antes que Cases -Machado de Assis
128.
A melhor das noivas -Machado de Assis
129.
Livro de Mágoas -Florbela Espanca
130.
O Cortiço -Aluísio de Azevedo
131.
A Relíquia -José Maria Eça de Queirós
132.
Helena -Machado de Assis
133.
Contos -José Maria Eça de Queirós
134.
A Sereníssima República -Machado de Assis
135.
Iliada -Homero
136.
Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco
137.
A Brasileira de Prazins -Camilo Castelo Branco
138.
Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões
139.
Sonetos e Outros Poemas -Manuel Maria de Barbosa du Bocage
140.
Ficções do interlúdio: para além do outro oceano de Coelho Pacheco. -Fernando Pessoa
141.
Anedota Pecuniária -Machado de Assis
142.
A Carne -Júlio Ribeiro
143.
O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós
144.
Don Quijote -Miguel de Cervantes
145.
A Volta ao Mundo em Oitenta Dias -Júlio Verne
146.
A Semana -Machado de Assis
147.
A viúva Sobral -Machado de Assis
148.
A Princesa de Babilônia -Voltaire
149.
O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves
150.
Catálogo de Publicações da Biblioteca Nacional -Fundação Biblioteca Nacional
151.
Papéis Avulsos -Machado de Assis
152.
Eterna Mágoa -Augusto dos Anjos
153.
Cartas D'Amor -José Maria Eça de Queirós
154.
O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós
155.
Anedota do Cabriolet -Machado de Assis
156.
Canção do Exílio -Antônio Gonçalves Dias
157.
A Desejada das Gentes -Machado de Assis
158.
A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho
159.
Don160. Almas Agradecidas -Machado de Assis
161.
Cartas D'Amor - O Efêmero Feminino -José Maria Eça de Queirós
162.
Contos Fluminenses -Machado de Assis
163.
Odisséia -Homero
164.
Quincas Borba -Machado de Assis
165.
A Mulher de Preto -Machado de Assis
166.
Balas de Estalo -Machado de Assis
167.
A Senhora do Galvão -Machado de Assis
168.
O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós
169.
A Inglezinha Barcelos -Machado de Assis
170.
Capítulos de História Colonial (1500-1800) -João Capistrano de Abreu
171.
CHARNECA EM FLOR -Florbela Espanca
172.
Cinco Minutos -José de Alencar
173.
Memórias de um Sargento de Milícias -Manuel Antônio de Almeida
174.
Lucíola -José de Alencar
175.
A Parasita Azul -Machado de Assis
176.
A Viuvinha -José de Alencar
177.
Utopia -Thomas Morus
178.
Missa do Galo -Machado de Assis
179.
Espumas Flutuantes -Antônio Frederico de Castro Alves
180.
História da Literatura Brasileira: Fatores da Literatura Brasileira -Sílvio Romero
181.
Hamlet -William Shakespeare
182.
A Ama-Seca -Artur Azevedo
183.
O Espelho -Machado de Assis
184.
Helena -Machado de Assis
185.
As Academias de Sião -Machado de Assis
186.
A Carne -Júlio Ribeiro
187.
A Ilustre Casa de Ramires -José Maria Eça de Queirós
188.
Como e Por Que Sou Romancista -José de Alencar
189.
Antes da Missa -Machado de Assis
190.
A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio
191.
A Carta -Pero Vaz de Caminha
192.
LIVRO DE SÓROR SAUDADE -Florbela Espanca
193.
A mulher Pálida -Machado de Assis
194.
Americanas -Machado de Assis
195.
Cândido -Voltaire
196.
Viagens de Gulliver -Jonathan Swift
197.
El Arte de la Guerra -Sun Tzu
198.
Conto de Escola -Machado de Assis
199.
Redondilhas -Luís Vaz de Camões
200.
Iluminuras -Arthur Rimbaud Quixote. Vol. 2 -Miguel de Cervantes Saavedra 
201. Schopenhauer -Thomas Mann
202.
Carolina -Casimiro de Abreu
203.
A esfinge sem segredo -Oscar Wilde
204.
Carta de Pero Vaz de Caminha. -Pero Vaz de Caminha
205.
Memorial de Aires -Machado de Assis
206.
Triste Fim de Policarpo Quaresma -Afonso Henriques de Lima Barreto
207.
A última receita -Machado de Assis
208.
7 Canções -Salomão Rovedo
209.
Antologia -Antero de Quental
210.
O Alienista -Machado de Assis
211.
Outras Poesias -Augusto dos Anjos
212.
Alma Inquieta -Olavo Bilac
213.
A Dança dos Ossos -Bernardo Guimarães
214.
A Semana -Machado de Assis
215.
Diário Íntimo -Afonso Henriques de Lima Barreto
216.
A Casadinha de Fresco -Artur Azevedo
217.
Esaú e Jacó -Machado de Assis
218.
Canções e Elegias -Luís Vaz de Camões
219.
História da Literatura Brasileira -José Veríssimo Dias de Matos
220.
A mágoa do Infeliz Cosme -Machado de Assis
221.
Seleção de Obras Poéticas -Gregório de Matos
222.
Contos de Lima Barreto -Afonso Henriques de Lima Barreto
223.
Farsa de Inês Pereira -Gil Vicente
224.
A Condessa Vésper -Aluísio de Azevedo
225.
Confissões de uma Viúva -Machado de Assis
226.
As Bodas de Luís Duarte -Machado de Assis
227.
O LIVRO D'ELE -Florbela Espanca
228.
O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves
229.
A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo
230.
Lira dos Vinte Anos -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
231.
A Orgia dos Duendes -Bernardo Guimarães
232.
Kamasutra -Mallanâga Vâtsyâyana
233.
Triste Fim de Policarpo Quaresma -Afonso Henriques de Lima Barreto
234.
A Bela Madame Vargas -João do Rio
235.
Uma Estação no Inferno -Arthur Rimbaud
236.
Cinco Mulheres -Machado de Assis
237.
A Confissão de Lúcio -Mário de Sá-Carneiro
238.
O Cortiço -Aluísio Azevedo
239.
RELIQUIAE -Florbela Espanca
240.
Minha formação -Joaquim Nabuco 
241. A Conselho do Marido -Artur Azevedo
242.
Auto da Alma -Gil Vicente
243.
345 -Artur Azevedo
244.
O Dicionário -Machado de Assis
245.
Contos Gauchescos -João Simões Lopes Neto
246..
A idéia do Ezequiel Maia -Machado de Assis
247.
AMOR COM AMOR SE PAGA -França Júnior
248.
Cinco minutos -José de Alencar
249.
Lucíola -José de Alencar
250.
Aos Vinte Anos -Aluísio de Azevedo
251.
A Poesia Interminável -João da Cruz e Sousa
252.
A Alegria da Revolução -Ken Knab
253.
O Ateneu -Raul Pompéia
254.
O Homem que Sabia Javanês e Outros Contos -Afonso Henriques de Lima Barreto
255.
Ayres e Vergueiro -Machado de Assis
256.
A Campanha Abolicionista -José Carlos do Patrocínio
257.
Noite de Almirante -Machado de Assis
258.
O Sertanejo -José de Alencar
259.
A Conquista -Coelho Neto
260.
Casa Velha -Machado de Assis
261.
O Enfermeiro -Machado de Assis
262.
O Livro de Cesário Verde -José Joaquim Cesário Verde
263.
Casa de Pensão -Aluísio de Azevedo
264.
A Luneta Mágica -Joaquim Manuel de Macedo
265.
Poemas -Safo
266.
A Viuvinha -José de Alencar
267.
Coisas que Só Eu Sei -Camilo Castelo Branco
268.
Contos para Velhos -Olavo Bilac
269.
Ulysses -James Joyce
270.
13 Oktobro 1582 -Luiz Ferreira Portella Filho
271.
Cícero -Plutarco
272.
Espumas Flutuantes -Antônio Frederico de Castro Alves
273.
Confissões de uma Viúva Moça -Machado de Assis
274.
As Religiões no Rio -João do Rio
275.
Várias Histórias -Machado de Assis
276.
A Arrábida -Vania Ribas Ulbricht
277.
Bons Dias -Machado de Assis
278.
O Elixir da Longa Vida -Honoré de Balzac 

Postagem em destaque

Psicoterapia no centro de Poá/SP

Fazer terapia é uma ferramenta que nos permite melhorar nossa qualidade de vida! Psicoterapia no centro de Poá/SP Contato: (11) 3426-5250...