Google+ Followers

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

UMA REFLEXÃO DOS NOSSOS 365 DIAS, ANTES DO ANO NOVO

Então É Natal
Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez
Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, do amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem souber o que é o bem
 Então é Natal, pro enfermo e pro são
Pro rico e pro pobre, num só coração
Então bom Natal, pro branco e pro negro
Amarelo e vermelho, pra paz afinal
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem

 Então é Natal, o que a gente fez?
O ano termina, e começa outra vez
Então é Natal, a festa Cristã
Do velho e do novo, o amor como um todo
Então bom Natal, e um ano novo também
Que seja feliz quem, souber o que é o bem


Harehama, há quem ama
Harehama, ha
Então é Natal, e o que você fez?
O ano termina, e nasce outra vez
Hiroshima, Nagasaki, Mururoa, ha...

 É Natal, é Natal, é Natal

FELIZ NATAL!!

O ano termina, e nasce outra vez...

BOM NATAL!

 

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Como realizar transferência (mudança postural) da cama para cadeira de rodas?

O dia-a-dia de cuidadores de adultos e idosos comprometidos é repleto de desafios. Muitos desses desafios estão em tarefas “simples”, como transferir o cliente da cama para cadeira de rodas. Sendo assim, o Reab resolveu pesquisar e ajudar profissionais, incluindo os cuidadores, a ter em mãos dicas que ajudarão na realização de atividades cotidianas.
O vídeo que trazemos hoje trata da transferência da cama para a cadeira de rodas, ou seja, estamos falando de casos onde os clientes não tem condições de fazerem a passagem da cama para a cadeira sozinhos. Nosso exemplo trata de cadeira de rodas, mas poderia ser qualquer cadeira, certo?
Para a transferência:
1. O primeiro passo é organizar o entorno, ou seja, o cliente e a cadeira.
O cliente deve estar sentado e a cadeira de rodas a 45 graus da cama. O profissional que irá realizar transferências deve estar na frente do cliente e ao lado da cadeira de rodas (de forma que o assento esteja virado para o profissional). Uma dica importante: se o cliente tem um lado do corpo comprometido, vamos deixar o lado são virado para a cadeira (veja o vídeo e entenda melhor). Lembre-se: antes de começar a transferência assegure-se que o freio está ativado, que o braço da cadeira foi levantado e que o apoio dos pés está recolhido (algumas cadeiras não vão possuir mobilidade em algumas partes, mas se houver, siga essas instruções).
O cliente deve estar sentado na beira da cama, com os pés bem apoiados no chão e o tronco inclinado para frente. O profissional deve se posicionar à frente do cliente, pedir que ele coloque as mãos sobre os ombros do profissional (se um braço estiver comprometido, só será apoiado o braço são). As mãos do profissional podem estar sobre os ombros do cliente, sobre as escápulas ou ainda segurando a calça/short do cliente (veja o vídeo e entenda melhor).






2. O segundo passo é orientar o cliente o que será feito e como ele deve participar. O profissional combinará com o cliente que ao contar três (1, 2, 3…) ele será elevado em direção à cadeira de rodas e deve participar o máximo que conseguir.  Em seguida, o profissional faz a contagem, inclinando mais o corpo do cliente à medida que conta e, quando o cliente levantar, continua a dar a orientação ao cliente, pedindo para ele girar o corpo em direção à cadeira.
3. O terceiro passo consiste em sentá-lo e perceber se está bem posicionado no assento, com o tronco sobre o encosto, para que os pés possam ser colocados sobre os apoios e o braço da cadeira abaixado.
E se o cliente é muito dependente e não consegue participar da mobilização?
- Se o cliente pode manter os pés no chão e consegue sustentar o peso do corpo:
Neste caso, são necessárias duas pessoas, uma de cada lado do cliente. Cada profissional colocará uma mão sobre o a escápula e a outra deve segurar na calça/short do cliente. Percebam que a profissional que aparece na imagem abaixo está com o braço esquerdo dela sobre a escápula e a mão direita segurando a calça do cliente.

 

 

Uma vez posicionados, os profissionais vão fazer os mesmos movimentos e darão as mesmas orientações ao cliente.
- Se o cliente NÃO pode manter os pés no chão e  NÃO consegue sustentar o peso do corpo: 
Neste caso, serão necessárias 2 pessoas. Estas se posicionarão cruzando o braço nas costas do cliente para segurar na calça/short do lado contrário e colocarão o outro braço embaixo do joelho do cliente:



Fonte:  http://www.reabilitacaocognitiva.org/2013/05/como-realizar-transferencia-mudanca-postural-da-cama-para-cadeira-de-rodas/

 

Primeiro Smartphone para cegos!!!

O primeiro smartphone do mundo para cegos foi criado. Em breve eles estarão por aí e deixarão pessoas com deficiência visual capazes de ler SMSs e e-mails, pois convertem todo o texto em padrões Braille.
Criamos o primeiro smartphone Braille do mundo“, diz o inventor Sumit Dagar, cuja empresa está incubada no Centro de Incubação de Inovação e Empreendedorismo, localizada no campus IIM Ahmedabad (Índia). “Este produto é baseado em um ‘touch screen’ inovador que é capaz de se elevar transformar o conteúdo em padrões ‘tocáveis’”, diz ele.
Dagar, que é pós-graduado do Instituto Nacional de Design (NID), disse que foi motivado a desenvolver o dispositivo quando ele percebeu que, até agora, a tecnologia apenas serviu a maioria dos usuários, ignorando grupos que ele chamou de “marginalizados”. Ele está colaborando com a IIT Delhi em fazer o protótipo, que está sendo testado no LV Prasad Eye Institute em Hyderabad.
“A resposta durante o teste tem sido muito boa. Ele vem sendo visto até mais como um companheiro do que como um telefone para o usuário. Pretendemos fazer versões mais avançadas do telefone no futuro”, acrescenta Dagar.
Dagar iniciou o projeto há três anos, enquanto estudava design de interação em NID. Depois de trabalhar com um par de empresas, formou uma equipe de seis pessoas e começou seu empreendimento, a Kriyate Design Solutions. Atualmente, o empreendimento está sendo financiado pela Rolex Awards no âmbito do Programa Jovem Nobel, em que eles selecionam cinco pessoas em todo o mundo a cada dois anos e financiam seus projetos.







Como funciona?
· O aparelho utiliza tecnologia de liga com memória de forma, com base no conceito de que os metais podem expandir e contrair a sua forma original após o uso.
· O “tela” do telefone tem uma grade de pinos, que se movem para cima e para baixo, como por obrigação. A grade tem um display de Braille, onde os pinos podem vir a representar um personagem ou carta.
· Esta tela será capaz de se elevar para formar padrões em Braille.
· Todos os outros elementos são como qualquer outro smartphone.




Fonte: The Times Of India
Imagens: mobileexpert e phys.org




Ideia de atividade com jogo de encaixe




A ideia aqui é bastante simples. Como vocês podem ver na imagem abaixo, basta um jogo e etiqueta branca para trabalhar um jogo que una aspectos motores ao cognitivos.






O aluno deve encaixar as peças e ir formando palavras. 
Retiramos a imagem do Pinterest e por isso está em inglês, mas é facilmente adaptada para português, não é?

Fonte: http://www.reabilitacaocognitiva.org/2012/12/ideia-de-atividade-com-jogo-de-encaixe/

Combinando apps com jogos para atividades na Reabilitação


Já sabemos que os jogos têm um potencial imenso como recurso terapêutico, e quanto isso não há mais dúvidas, é fato. Também sabemos que os apps (aplicativos para iPhone, iPad e tablets de forma geral) cada vez mais fazem parte das sessões de Reabilitação mundo à fora, tendo se mostrado um potencial recurso terapêutico para trabalhar com crianças e adultos que necessitam de terapia física, da fala ou ocupacional (ou seja, fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional).
Sendo assim, resolvemos despertar os profissionais e familiares para uma excelente oportunidade de estimulação e tratamento: a combinação de aplicativos com jogos para graduar o desafio e torná-lo ideal para certos casos (lembrem-se que isso depende de uma série de fatores – procure um profissional habilitado a tirar suas dúvidas e te ajudar a implementar esses recursos de uma forma eficaz).
Pesquisando sobre essa possibilidade, achamos um vídeo que faz uso dessa proposta do mix, do uso de um aplicativo (iWriteWords) e um jogo de encaixe de letras:
 




Como vocês podem ver no vídeo, a ideia foi usar o aplicativo para coordenação (neste caso, voltado para a escrita) combinado com um jogo de encaixe de letras, onde a pessoa precisava concluir a primeira etapa de deslizar o dedo e formar a letra, em seguida procurar a letra dentre outras do jogo e, por fim encaixar a letra no tabuleiro. Ao analisar essa atividade completa vemos que é necessário uma série de habilidades perceptocognitivas e motoras para concluir cada etapa da atividade com sucesso.

Outra forma de uso desses dois recursos
- Escolha uma letra a ser trabalhada, por exemplo a “R”. Garanta que você terá duas letras de cada letra. Em seguida, peça para a pessoa entregar a você UMA das peças do jogo (madeira ou plástico) que estiverem sobre a mesa. Depois abra o aplicativo na letra, peça que ele contorne a letra no tablet, vire o tablet para que ele não veja mais a letra, e por fim, peça que ele pegue a segunda letra do jogo entre as outras que ainda estão sobre a mesa. 
- Escolhem-se quatro letras que façam parte de uma palavra, por exemplo, “P-A-T-O”. Em seguida, deve-se achar as peças da palavra e, por fim, contornar no aplicativo cada uma das letras.
- Um pouco mais complexo é: escolher uma palavra de quatro letras, buscar as consoantes entre as peças e separá-las e depois contornar as vogais no aplicativo.
E vocês, pensam em outras possibilidades???

Resolvemos mostrar essa combinação de app + jogo porque o tipo do aplicativo é comum, existem vários apps com esse objetivo de coordenar letras e também é bastante comum achar quebra-cabeças de letras, ou pelos menos ter a letras de madeira ou de plástico. Ou seja, vamos usar os materiais que já temos, mas de uma forma criativa.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

TECNOLOGIA ASSISTIVA 1

Tecnologias mais eficientes vêm sendo desenvolvidas para permitir que pessoas com deficiências possam escrever com mais facilidade e velocidade do que nos teclados virtuais convencionais. Em lugar de oferecer uma imagem de teclado onde se é obrigado a clicar em cada tecla (de maneira lenta e tediosa), os novos softwares buscam formas de conhecer a língua na qual o usuário vai escrever, e oferecer a ele o caractere ou a palavra mais provável de ser usada em seguida, baseada em estatísticas, ou aprendizado utilizando a Tecnologia Assistiva.

TECLADO VIRTUAL

 


DASHER


SUGESTÕES DE MATERIAIS ADAPTADOS

ALFABETO





FICHAS DE LEITURAS

DOMINÓ (ASSOCIAÇÃO)

JOGO DA MEMÓRIA AUDITIVO


FICHAS DE MATEMÁTICA



MOVIMENTAÇÃO DAS EXPRESSÕES NUMÉRICAS
                                       

 MOVIMENTAÇÃO PROPORÇÃO


QUANTIDADE






CORES




quarta-feira, 5 de junho de 2013

SEXUALIDADE E DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

Educação preventiva em sexualidade e doenças sexualmente transmissíveis e HIV/AIDS para jovens com deficiência intelectual.


quarta-feira, 29 de maio de 2013

PLANO DE AÇÃO PEDAGÓGICA

Professora AEE - Cláudia Regina Mistreli de Souza
Processo de Adaptação para Inclusão na Sala Regular

Aluno: K.de S. de O.
Avaliação Interventiva - Professora C. R. M.de S.
Motivo: Síndrome de Donw em processo de adaptação
Características: Alegre, curioso, esperto, interage com adultos, participa com alegria, não lida bem com o novo, age por impulsos, não aceita ser contrariado.

Local do Plano de ação –  EMEF L.

Objetivo
Estabelecer convívio conforme o RAADI na dimensão II do comportamento adaptativo.

Objetivos específicos
  • Habilidades sociais
Justificativa
O aluno K. consegue permanecer dentro da sala de aula por pouco tempo, nos momentos de impulsividade em querer sair da sala o aluno descontrola-se ocorrendo momentos de agressividades para com os colegas e com os profissionais. Vimos a necessidades de implementação de ações junto a sala regular para o desenvolvimento pedagógico que contemple todos os apoios necessários a inclusão do aluno .

Metodologia
O aluno passou por avaliação interventiva em dois atendimentos na sala de recursos AEE e observou o aluno apresenta potencial de aprendizagem.
O aluno necessitara de uma estagiária permanente para dar suporte a professora e equipe escolar para as adaptações necessárias do aluno. O aluno iniciará com horário progressivo, ou seja passará por processo de adaptação e assim se ambientará com a rotina escolar.
Será Construído o DIAC (Documento Individual de adaptação Curricular ) com a professora da Sala. Construção da Rotina com professora da sala, professora do AEE, e estagiária .Aplicação da Rotina com apresentação de fotos.

Recursos
Sugere alfabeto móvel, CD e DV E respectivos aparelhos, miniaturas, fotos legendas, livros infantis, papéis variados etc.
Ferramentas computacionais utilizadas na SAAI
Será utilizado com o aluno o sistema de rotina por fotos, um dos recurso da Tecnologia Assistiva, que trata de um sistema de fotos, organizados sequencialmente. No caso do K. serão fotos das atividades a realizar, que irá auxiliar a criança a compreender o que vai fazer. Essas atividades repetem-se segundo determinada ordem, respeitando uma sequência pré-estabelecida em rotina, o exemplo abaixo trata da rotina estabelecida na avaliação interventiva. Na sala regular haverá outros formatos e ser utilizado nos diversos ambientes frequentados pelos aluno.

Exemplo: Sistema de Rotina com fotos com sequência de 6 atividades (Cantar, leitura, crachá, jogos, atividade na mesa, brincadeira no tatame, computador)
Leitura dos Crachás

Momento de jogos

Atividade na mesa (Registros)

Brincadeira no tatame


Atividade no Computador


Acompanhamento dos Resultados
A intervenção junto a equipe escolar e professora será com enfase na construção da rotina e com o apoio no sistema de rotina com fotos e construção do DIAC.
A Rotina será para dar maior tranquilidade ao aluno e assim criar vínculo com a professora, com o colegas e com as ações, o aluno terá horário especial para interiorizar a rotina e sentir-se seguro, será incluída novas atividades de acordo com os objetivos proposto pela professora da sala. Adaptação do horário na perspectiva progressiva, ou seja seu horário será ampliado, respeitando o tempo do aluno
O DIAC auxiliará e tranquilizará a professora em ralação as ações a serem desenvolvidas, o documento terá as características do aluno, o que o aluno consegue fazer, o tipo de ajuda, estilo de aprendizagem e os objetivos que a professora irá propor após conhecê-lo durante o período de adaptação.
A estagiária irá apoiar a equipe diretamente em sala de aula. O acompanhamento do professor do AEE que se dará nos momentos de Jeif . Orientação a família ocorrerá nos horários de atendimentos de pais por convocação, nas reuniões de pais e mestres e quando necessário em carácter excepcional.

INTEGRAÇÃO SENSORIAL

 A integração sensorial é  o processo pelo qual o cérebro organiza as informações, de modo a dar uma resposta  adequada,  as sensações recebidas pelo nosso próprio corpo e do ambiente 
 As nossas capacidades de processamento sensorial são usadas para a interação social, neste  sentidos precisamos observar  com cuidado: Os canais sensoriais que utilizamos na interação com o ambiente:
- Tátil: o sentido do tato; resposta dos receptores da pele sobre o toque, pressão, temperatura, dor e movimento dos pêlos sobre a pele.
- Auditivo: contribuição relativa aos sons, a habilidade de perceber corretamente, discriminar, transformar e reagir a sons;
- Oral: Relativo à boca, a habilidade de perceber corretamente, discriminar, processar e responder aos paladares ou a estímulos dentro da boca;
- Olfactivo: relativo ao cheiro, uma habilidade de perceber corretamente, discriminar, processar e responder a diferentes odores.
- Visual: relativo à vista, a habilidade de perceber corretamente, discriminar, processar e responder ao que se vê.
- Vestibular: situado no ouvido interno responsável sobre as reações ao movimento e equilíbrio.
- Proprioceptivo: o sentido da "posição"; Como o cérebro interpreta a posição do corpo, peso, pressão, alongamento, movimentos e alterações na posição. A capacidade de perceber especialmente, cada segmento corporal em particular ou o corpo como um todo, tanto em situações estáticas, como nas atividades que demandam movimento (dinâmicas).

















Fonte:
http://www.cuidarcrianca.com/index.php?option=com_content&view=article&id=192:integracao-sensorial-o-que-e&catid=3:biblioteca&Itemid=5

Transtornos de Aprendizagem versus Deficiência Intelectual

Transtornos de Aprendizagem versus Deficiência Intelectual

Nova turma: 13 e 20 de julho - Aulas aos sábados, das 8:00h às 17:00h.
Carga horária: 16 horasLocal: Instituto APAE DE SÃO PAULO

Objetivo:
 Discutir sobre os Transtornos de aprendizagem a partir dos aspectos: biológicos, clínicos, psicológicos, sócio-culturais e econômicos, diferenciando-os da Deficiência Intelectual. Aprofundar os conhecimentos acerca da aprendizagem humana, com vistas à identificação, prevenção, intervenção e tratamento tanto dos transtornos de aprendizagem quanto da deficiência intelectual.

Público-alvo:
 Profissionais da àrea de Saude, educação e estudantes.
Conteúdo:
Modelos cognitivos da leitura, escrita e aritmética.• Neuropsicologia da Aprendizagem• Dislexia do Desenvolvimento• Disgrafia do Desenvolvimento• Disortografia do Desenvolvimento• Discalculia do Desenvolvimento• Deficiência Intelectual• Outros Transtornos ou condições que interferem no processo de aprendizagem.
Investimento:
 R$ 250,00
Formas de pagamento:
1) Dinheiro, cheque ou cartão débito/crédito (até 2 vezes)2) Depósito Bancário: Banco Bradesco - 237 / Agência - 3392 / Conta Corrente - 81072 - 03) Boleto bancário solicitado em até 10 dias antes do início do curso 4) Pagseguro
INSCRIÇÕES
:Preencha a ficha de inscrição e envie para instituto@apaesp.org.br.
INFORMAÇÕES:
instituto@apaesp.org.br
(11) 5080-7186 ou 5080-7007


http://www.apaesp.org.br/instituto/Cursos/Paginas/Educa%C3%A7%C3%A3o/Transtornos-de-Aprendizagem-versos-Defici%C3%AAncia-Intelectual.aspx 

segunda-feira, 6 de maio de 2013

MATERIAIS DA SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS

Programa de Implantação de Salas de Recursos Multifuncionais

Sala de recursos Tipo I


 02 Microcomputadores com gravador de CD, 
leitor de DVD
 02 Estabilizadores
 Lupa Eletrônica
 Scanner
 Impressora laser
 Teclado com colméia
 Mouse com entrada para acionador
 Acionador de pressão
 Bandinha Rítmica
 Dominó
 Material Dourado
 Esquema Corporal
 Memória de Numerais
 Tapete quebra-cabeça
 Software para comunicação alternativa
 Sacolão Criativo
 Quebra cabeças sobrepostos (seqüência lógica)
 Dominó de animais em Língua de Sinais
 Memória de antônimos em Língua de Sinais
 Lupa manual, Lupa Conta - Fio Dobrável e Lupa de Régua
 Dominó com Textura
 Plano Inclinado – Estante para Leitura
 Mesa redonda
 Cadeiras para computador
 Cadeiras para mesa redonda
 Armário de aço
 Mesa para computador
 Mesa para impressora
 Quadro melanínico
Salas de Recursos Tipo II

Obs: são compostas pelos mesmos materiais que a tipo I além dos materiais específicos para cegueira e baixa visão listados abaixo


 Impressora Braille
 Máquina Braille
Reglete de Mesa
 Punção
Soroban
 Guia de Assinatura
 Globo Terrestre Adaptado
 Kit de Desenho Geométrico Adaptado
 Calculadora Sonora
 Software para Produção de Desenhos Gráficos e
Táteis
FONTE: 

quarta-feira, 13 de março de 2013

DIAGNÓSTICO DO AUTISMO

   

Estudo publicado no The Journal of Pediatrics por pesquisadores da Michigan State University, nos EUA, mostra que crianças com baixo peso ao nascer e anormalidades cerebrais (ventrículos aumentados) têm risco aumentado (sete vezes) de desenvolver Autismo. Sendo assim, o exame de ultrassonografia nos primeiros dias de vida podem ajudar a detectar crianças cujo o risco é aumentado.
O estudo contou com 1.105 bebês nascidos na década de 1980 com baixo peso que passaram por exames de ultrassonografia. Este grupo foi reexaminado aos 16 anos para Autismo, e foi feito um teste mais rigoroso aos 21 anos, que resultou em 14 diagnósticos positivos.
Os ventrículos aumentados nessas crianças pode indica perda de um tipo substância branca, esta perda pode interferir em processos neurológicos que determinariam o Autismo. Este estudo ainda não traz esta certeza, mas aponta que este pode ser um dos problemas cerebrais subjacentes à doença.
Quem quiser ter acesso ao estudo completo acesse o site http://www.reabilitacaocognitiva.org/2013/03/9077/

Fonte: http://www.jpeds.com/

CAT FAZ SELEÇÃO PARA FESTIVAL DE MÚSICA

CAT faz seleção para Festival de Música: são 232 postos de trabalho com salários que chegam a R$ 166,67 por dia

Todas as vagas não exigem experiência anterior na área, no entanto, é necessário possuir o ensino médio completo. A seleção ocorrerá nesta quinta-feira e sexta-feira, somente na unidade Luz do CAT, das 9h às 14h.

         O Centro de Apoio ao Trabalho (CAT), da Secretaria Municipal do Trabalho e do Empreendedorismo (SEMTE), fará seleção na próxima quinta-feira e sexta-feira, dias 14 e 15, para 232 vagas para trabalho no festival de música Lollapalooza Brasil. A seleção ocorrerá somente na unidade Luz do CAT, das 9h às 14h.
         São 200 vagas para bilheteiro no serviço de diversões. Os selecionados receberão R$ 100,00 por dia de trabalho. Quem optar pelas 32 oportunidades para supervisor de caixa e bilheteiro receberá R$ 166,67 por dia. São três dias de atividades no festival.
         Todas as vagas não exigem experiência anterior na área, no entanto, é necessário possuir o ensino médio completo.
         Os interessados devem se dirigir ao CAT Luz, avenida Prestes Maia, 913, munidos de RG, CPF, Carteira Profissional e número do PIS. Outras informações estão disponíveis no site  http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/trabalho/ e na Central de Atendimento ao Munícipe, pelo telefone 156.
        
Importante: A quantidade  de vagas veiculadas pela Secretaria Municipal do Trabalho e do Empreendedorismo pode sofrer alterações conforme a procura e o preenchimento das mesmas.









CURSO DE INTEGRAÇÃO SENSORIAL PARA EDUCADORES

Numa linguagem voltada às necessidades dos educadores em compreender o processo de Integração Sensorial e as disfunções apresentadas em alguns alunos com dificuldades no desempenho escolar.
Solicite a sua ficha de inscrição e aproveite o desconto até o dia 20/03.
Vagas limitadas!
 
FONTE:

segunda-feira, 11 de março de 2013

CURSOS GRATUITOS


Secretaria do Trabalho e do Empreendedorismo e SESCON-SP capacitam jovens por meio de cursos gratuitos

Parceria tem o objetivo de capacitar jovens para atuação nas áreas técnicas de Departamento Pessoal e Escrita Fiscal.
O CAT Luz recebe inscrições até o dia 15 deste mês; cursos começam dia 25


Capacitar jovens para exercerem atividades em escritórios contábeis e em departamentos de recursos humanos é o objetivo dos cursos gratuitos de Departamento Pessoal e Escrita Fiscal que a parceria entre a Secretaria Municipal do Trabalho e do Empreendedorismo (SEMTE) e o SESCON-SP oferece. Desde sua implementação (em 2008), o projeto já capacitou mais de 700 jovens. O curso também objetiva a inclusão profissional e a ampliação dos ingressos no mercado de trabalho, além de nivelar os jovens nas disciplinas de português e matemática e do básico em informática. Os cursos na área de escritórios contábeis e em áreas de recursos humanos têm carga horária total de 128 horas, sendo 4 horas diárias, durante 30 (trinta) dias úteis de capacitação.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 15, pessoalmente, no CAT Luz, localizado na Avenida Prestes Maia, 913, centro. São 60 vagas para jovens com idade entre 16 e 20 anos de idade, com ensino médio concluído ou a concluir, moradores da cidade de São Paulo. Os interessados devem comparecer ao local com RG, CPF, comprovantes de endereço e comprovante de escolaridade.

Sobre os Cursos

O projeto é constituído por aulas teóricas e exercícios práticos, além das aulas práticas de informática. Serão adotadas metodologias compatíveis às condições dos participantes, possibilitando maior absorção de aprendizado e conhecimento – o que proporcionará desenvolvimento de competências básicas para o trabalho, com integração e troca de experiências, valores e habilidades entre docentes e alunos.

Escrita Fiscal - previsto para começar no dia 25/03 até 08/05, no período da manhã - das 8h00 às 12h00. Na programação deste curso, os alunos terão informações sobre fiscalização tributária, legislações existentes e relacionadas às esferas federais, estaduais e municipais; impostos, contribuições e taxas. Ao final do curso, o jovem estará apto a ingressar no mercado que responde por cerca de 80% das demandas nos escritórios contábeis de São Paulo.

Departamento Pessoal - previsto para começar no dia 25/03 até 08/05, no período da tarde - das 13h00 às 17h00. Nesta grade, os alunos adquirem conhecimentos teóricos e práticos necessários para executar as principais atividades na área.

Os alunos que tiverem frequência igual ou superior a 85% (assinada pelos parceiros em formatura), receberão certificado de conclusão. Após a conclusão, estarão aptos a elaborar contratos de trabalho, cálculos de rescisões, férias, FGTS, 13º salário, hora extra, adicional noturno e demais rotinas trabalhistas. A SEMTE, por meio do CAT, oferecerá toda a estrutura física necessária para o andamento dos cursos e o SESCON-SP disponibilizará professores que vão ministrar as aulas e oferecer todo o material didático aos alunos.

Outras informações estão disponíveis no site http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/trabalho/ e na Central de Atendimento ao Munícipe pelo telefone 156.

sexta-feira, 8 de março de 2013

DICA DE LIVRO PARA LER HOJE

Livros para uma vida


Dezoito educadores selecionaram 204 obras essenciais para serem lidas do Ensino Infantil ao Ensino Médio

Clique no link abaixo e confira:


http://educarparacrescer.abril.com.br/livros/index.shtml




segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

EXERCÍCIO PARA O CÉREBRO Nº 2

Você gostaria de ver se o lado direito do seu cérebro está funcionando corretamente? 

Então faça esse teste e descubra agora mesmo.
Abaixo você vê uma imagem. Nela tem uma face de um homem escondida entre as sementes.
Agora pegue um relógio e veja quanto tempo você demora para achar o homem.
Não achou?
   
Ele está na parte inferior da imagem do  lado esquerdo.

Agora veja o seu resultado. Se você achou o homem em:

- até 3 segundos: o lado direito do seu cérebro é mais desenvolvido do que o cérebro de pessoas normais.

- até 1 minuto: o lado direito do seu cérebro é normalmente desenvolvido.

- de 1 a 3 minutos: o lado direito do seu cérebro está reagindo lentamente, e você deveria ingerir mais proteína.

- mais de 3 minutos: o lado direito do seu cérebro é extremamente lento. Você deveria assistir mais desenhos para ajudar a desenvolver o seu cérebro direito. 


FONTE:




USO DO TAMPÃO NO OLHO PREGUIÇOSO

Você já viu uma pessoa usando tampão no olho,  na rua e se perguntou o porquê daquilo? A resposta é simples: ambliopia, ou olho preguiçoso. Ao contrário do que se pensa, o olho bom é o tampado. Isso é feito para forçar o cérebro a utilizar mais a outra vista.
A ambliopia acontece quando um olho enxerga melhor que o outro. Por receber imagens desfocadas de uma das vistas, o cérebro passa a deixá-la de lado e utilizar a outra com maior freqüência.
São várias as causas que podem tornar a vista “preguiçosa”: diferença nas graduações dos olhos, estrabismo, movimentos de oscilação involuntário de um dos olhos e não tratamentos de doenças como catarata.
Ter um vista preguiçosa pode gerar diversos problemas a longo prazo. A perda da visão tridimensional é a principal disfunção que pode ser causada pela ambliopia, além do estrabismo.
A percepção da ambliopia em adultos é mais fácil que nas crianças. Para saber melhor sobre a ambliopia procure seu oftalmologista.
FONTE:

REATECH 2013




A maior Feira de Tecnologias em Reabilitação,  Inclusão e Acessibilidade.
 

A questão da inclusão não é apenas de direito, mas de exigência da realidade.
Por exemplo, a acessibilidade dos prédios públicos, que já deveria estar toda pronta, ainda está próximo do nada.
Os shopping centers estão em sua grande parte adaptados, mas as lojas ainda não se adequaram a essa realidade. Será que um cadeirante consegue testar roupas nos provadores?
A hotelaria tem destinado alguns quartos dentro da sua estrutura e faltam equipamentos adaptados.
Os aeroportos são um caos em termos de adaptação. O crescimento da malha aérea obriga a maioria dos voos de ser atendidos em terra, com sistema de transporte de ônibus e de escadaria para subir na aeronave.
Incrível que há hospitais com centros de reabilitação que não são acessíveis.
Enfim, chega de cobranças. Chega de promessas. Chegou a hora de a inclusão acontecer. Existem normas, legislações variadas e rigorosas.
Existem tecnologias e todas elas estão presentes na Reatech, pois os visitantes buscam em todas as edições as soluções nos estandes.
A hora é agora. Se a sua empresa tem tecnologias para acessibilidade, reserve já o seu estande e participe deste movimento pela INCLUSÃO JÁ!

FAÇA SUA INSCRIÇÃO:

Postagem em destaque

Psicoterapia no centro de Poá/SP

Fazer terapia é uma ferramenta que nos permite melhorar nossa qualidade de vida! Psicoterapia no centro de Poá/SP Contato: (11) 3426-5250...