Google+ Followers

terça-feira, 30 de outubro de 2012

TABELA UTILIZADA PARA AVALIAÇÃO DA ACUIDADE VISUAL

TABELA DE SNELLEN

.


A tabela de Snellen, também conhecida como optótico de Snellen ou escala optométrica de Snellen, é um diagrama utilizado para avaliar a acuidade visual de uma pessoa.
A tabela recebe seu nome em homenagem ao oftalmologista holandês Herman Snellen, que a desenvolveu em 1862.

FONTE:
http://opticaatlantis.blogspot.com/2009/08/tabela-de-snellen.html

TESTE SUA VISÃO DE CORES

VOCÊ JÁ TESTOU SUA VISÃO DE CORES?

Pessoas com visão de cores normal são capazes de perceber números dentro de cada círculo mostrado abaixo. Se você não consegue ver alguns destes números, você deve fazer um check-up ocular específico para teste de visão de cores.
As imagens são baseadas nos Testes de Visão de Cores do Dr. Shinobu Ishihara. Abaixo de cada círculo colorido está escrito o número que você deveria perceber ao olhar as figuras. Em caso de dificuldade ou dúvida, procure seu oftalmologista para uma consulta e avaliação mais detalhada de seu caso.
É o que aconselha o Dr. Paulo PukenisTubelis, responsável pelo setor de cirurgia a laser de miopia, hipermetropia e astigmatismo da Vision Oftalmologia, clínica de olhos em Florianópolis.

FONTE
http://www.visionoftalmologia.com.br/visao.asp

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

VEJA COMO AS PESSOAS COM PROBLEMAS VISUAIS ENXERGAM

VISÃO DA MIOPIA

VISAO PRESBIOPIA

DIMINUIÇÃO GLOBAL DA CATARATA

TIPOS DE ESTRABISMOS


PERDA DIFUSA DO CAMPO VISUAL, RETINOPATIA DIABÉTICA

ASTIGMATISMO



VISÃO DA RETINOSE




VISÃO DA HIPERMETROPIA




PARA SABER MAIS E VISUALIZAR OUTRAS SIMULAÇÕES ACESSE O SITE:

http://www.thevisioncompany.co.za/resource_centre/eye_diseases_simulators/myopia.html


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL
23 a 24 de NOVEMBRO DE 2012
 
JOINVILLE - SC
 
 
PROGRAMAÇÃO
CURSOS E MINISTRANTES
 
DIA 23/11/2012 - SEXTA-FEIRA
Das 13h até 13h45min
CREDENCIAMENTO
 
   Das 14h até 17h
A CONVENÇÃO DA ONU SOBRE O DIREITO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS
Diovana Abreu Sartori (Santa Catarina)
 
Das 17h até 20h
DANÇAS CIRCULARES PARA OS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO ESPECIAL
Bruna Bardini (Paraná)

DIA 24/11/2012 - SÁBADO
Das 08h00min até 9h30min
PARADIGMAS EDUCACIONAIS - diversidades
Esídia laffin (Santa Catarina)
 
Das 10h até 11h30min
SURDO E MUDO - jogue fora essa ideia
Ledir Clery Dreher (Santa Catarina)
 
Das 13h30min até 16h30min
PROJETO MÚSICA PARA OS MEUS OLHOS - Musibraille
Denise Vieira (Santa Catarina)
 
Das 16h30min até 19h
MOTIVAÇÃO PARA OS PROFESSORES DA EDUCAÇÃO ESPECIAL
Renato Cesar Bini (Santa Catarina)
 
Das 19h até 19h30min
ENTREGA DE CERTIFICADOS - Os que obtiverem 75% de frequência

LOCAL DE REALIZAÇÃO
HOTEL TANENNHOF
Joinville - SC

INVESTIMENTO
Preço Promocional até  16/11/2012
Inscrições Individuais
R$ 120,00
De 2 a 4 participantes
R$ 105,00 por pessoa
Grupos acima de 5 participantes
R$ 90,00 por pessoa
APÓS 16/11/2012 - R$ 150,00


Para inscrição clique aqui:
 http://www.opemeventos.com.br/
FICHA DE INSCRIÇÃO.............................................................................JOINVILLE/SC
NOME:
ENDEREÇO:
Nº                                                                         BAIRRO:
CEP:                                            CIDADE:                               CEP:
INSTITUIÇÃO:
FONE RES:                                                  FONE COM:
CELULAR:
E-MAIL:
 

 Forma de Pagamento: DEPOSITAR NO BANCO
Caixa Econômica Federal -Agência 0586, Operação 003, Conta 1065-2, BRASIL – Ag. 5269-8/poupança/ 55500.47-1, Conta em Nome de Renato Cesar Bini. Lembre-se: Após o depósito, enviar sua ficha de inscrição preenchida e anexar cópia do comprovante de pagamento e enviar por Fax (47) 3045-3977 ou por e-mail: opem@opemeventos.com.br

 MAIORES INFORMAÇÕES:
OPEM EVENTOS
        (47) 3045-3977
 
(47) 9989-1418 (Tim)
 (47) 8437-7385 (Oi)    
ACESSE O SITE:


IDÉIAS E SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA O TRABALHO COM PAREAMENTO, TRANSFERÊNCIA E SOBREPOSIÇÃO

ATIVIDADE DE TRANSFERÊNCIA (CORES)


ATIVIDADE DE TRANSFERÊNCIA (TREINO DO MOVIMENTO DE PINÇA E QUANTIDADE)

ATIVIDADE DE SOBREPOSIÇÃO (FIGURA HUMANA)


ATIVIDADE DE SOBREPOSIÇÃO (FORMAS GEOMÉTRICAS)

ATIVIDADE DE PAREAMENTO (CORES)

ATIVIDADE DE TRANSFERÊNCIA (QUANTIDADE)


SOBREPOSIÇÃO DO ALFABETO

PAREAMENTO (CORES E FORMAS)

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Sistema de identificação de cores para daltónicos

Sendo eu um daltónico e um grande curioso no mundo do design mais concretamente webdesign e sentir na primeira pessoa as dificuldades do que é ser daltónico, é com muito gosto e satisfação que publico este artigo de um projeto português ColorAdd desenvolvido pelo designer Miguel Neiva,  para ajudar a minorar o problema de um universo significativo da população mundial numa área em que todas as sociedades são e estão cada vez mais envolvidas e preocupadas – A inclusão.
 
Descrição
 
Este projeto tem uma finalidade muito própria. A intenção é um dos critérios que deve acompanhar o designer no seu processo criativo: este, além da interiorização do conceito básico e elementar do design, forma adequada à função, deve ter em consideração contribuir para o melhoramento da a qualidade de vida do indivíduo, trabalhando no "interface" produto/utilizador de forma a que o objecto sirva realmente a sua "função", seja um "objecto ao serviço do utilizador". 
 
 
Pretende-se que a indústria e a sociedade vejam neste projeto um contributo para melhorar a satisfação e o bem-estar de um grupo de indivíduos que, pelas suas características de visão, se encontram privados de realizar com independência, segurança e tranquilidade todo e qualquer ato onde a cor seja fator determinante. 
 
A aplicação do sistema ColorAdd®:
ColorAdd® é transversal a todos os quadrantes da sociedade global, independentemente da sua localização geográfica, cultura, língua, religião, bem como às diferentes vertentes sócio-económicas. 
 
Oferecer aos daltónicos independência aquisitiva, uma mais fácil integração social em situações que a opção e escolha da cor é relevante e a minimização do sentimento de perda gerada pela deficiência, com o consequente aumento de bem-estar e autoconfiança. 
O projeto apresenta uma solução sustentada, de implementar um código universal, que se julga ser de um contributo inquestionável para a inclusão.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

INTEGRAÇÃO SENSORIAL

DEGUSTAÇÃO
A integração sensorial que trata de desenvolver a capacidade de perceber, aprender e organizar sensações recebidas do seu corpo e do meio para executar atividades voluntárias e significativas com os recursos didáticos para que a criança seja capaz de dar significado as coisas a sua volta ampliando a percepção de seu corpo para o mundo, com experiências interativas com os jogos e combinações de informações sensoriais (auditivo, olfativo e degustativo, visual, vestibular, proprioceptivo e tátil).
Os exemplos abaixo são:  


VESTIBULAR

PROPRIOCEPTIVO

ESTÍMULO TÁTIL

ESTÍMULO VISUAL

JOGO SÍMBOLICO

JOGO SIMBÓLICO

BRINCADEIRA

OUVINDO SOM DO MAR (ESTÍMULO AUDITIVO)

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Oportunidade de emprego para pessoas com deficiências


No site http://www.deficienteonline.com.br/, encontramos oportunidade de empregos, auxilio para o deficiente  construir seu  curriculo, dicas  e  todos os tipos de informações e de serviços para deficientes.
A Deficiência não impede a pessoa de ser um profissional, é preciso aprefeiçoar-se e estar informado sobre seus direitos como por exemplo:

 Lei de Cotas


LEI Nº 8.213, DE 24 DE JULHO DE 1991, lei de contratação de Deficientes nas Empresas.  Lei 8213/91, lei cotas para Deficientes e Pessoas com Deficiência dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência e dá outras providências a contratação de portadores de necessidades especiais.

Art. 93 - a empresa com 100 ou mais funcionários está obrigada a preencher de dois a cinco por cento dos seus cargos com beneficiários reabilitados, ou pessoas portadoras de deficiência, na seguinte proporção:
- até 200 funcionários.................. 2%
- de 201 a 500 funcionários........... 3%
- de 501 a 1000 funcionários......... 4%
- de 1001 em diante funcionários... 5%
  
Sabemos que há muitos deficientes de sucesso, que fizeram carreira. Para isso é preciso viver sem limites acreditando que para vencer é preciso lutar!

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Viver sem Limites




Para as pessoas com Deficiência viver sem limites nos faz necessário  algumas reflexões sobre de como o   subsidiar os professores dos alunos atendidos nas escolas regulares, pois  a chegada deste alunos na escola  acontece em situação desfavorável, a escola procura  dar soluções as questões da inclusão, porem não valoriza as habilidades dos alunos e olham os como os incapazes. Os Profissionais da Educação Inclusiva:  os Especilaista  do Atendimento Educacional Especializado atuam nas necessidades emergentes. Precisamos de uma atuação para os alunos viverem sem limites, assim não  dizeremos mais  que os alunos não aprendem. Indico este vídeo para  refletirmos sobre estas questões: a formação do professor, sobre o currículo,  os documentos que defendem a Inclusão e ressalto porque há uma preocupação excessiva como os conteúdos lingüísticos e códigos matemáticos,  são eles que imponham o fracasso escolar sem focar o que lhe é funcional, tornando cada vez mais o ensino excludente. Vamos repensar e viver sem limites.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

III Feira de Culturas Populares na cidade de Poá




 A Escola Estadual Prof Elias Zugaib, localizada no Jardim Obelisco, Município de Poá, na Grande São Paulo realizará, no dia 29 de setembro, a III Feira de Culturas Populares. O evento faz parte do projeto de fortalecimento e valorização da Cultura Viva produzida pelas comunidades do Alto Tietê. Participaram da Feira grupos locais e regionais parceiros, que apresentarão seus trabalhos para a comunidade do entorno da escola.

O evento contará com uma mostra resultado das oficinas ministradas pelos professores durante os meses de agosto e setembro com as seguintes temáticas: Xilogravura e Literatura de Cordéis, História e Difusão de Cordel, Cozinhando com a Geografia, Costurando a Geografia, Ciência e Medicina Popular, Produção Dramática no Teatro de Manulengo, Matemática e Ponto Cruz, Origami na Matemática e Calculando a Colcha de Retalhos. Estarão expostas xilogravuras, cordéis, bonecos mamulengos, peças em cerâmica rústica, bandeiras costuradas artesanalmente com o apoio de bordadeiras do bairro e toalhas bordadas, todos produtos confeccionados pelo alunos.

Wal Volk, coordenadora do projeto, explica que um dos destaques da Feira é que as disciplinas se apropriaram de técnicas e elementos da Cultura Popular "para ensinar fazendo arte e difundindo os valores de uma cultura genuinamente nacional", completa.

Todas as atividades são gratuitas.

Serviço
III Feira de Culturas Populares da Escola Estadual Professor Elias Zugaib
Data: 29 de setembro
Horário: das 10 às 17 horas
Local: Escola Estadual Professor Elias Zugaib
Endereço: rua Japão, 10, Jardim Obelisco, Poá-SP
Entrada: Franca



Fonte: http://www.ressoar.org.br/noticias_0828_feira_cultura_popular_zugaib.asp

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

COLEGAS, O FILME , GANHA PRÊMIO EM GRAMADOS



ESTE FILME NOS MOSTRA QUE É POSSÍVEL VENCER! 
QUE SONHAR É PARA TODOS, PARA MIM PARA VOCÊ E PARA TODAS AS  PESSOAS.
  OS MEDOS PODEM EXISTIR, MAS NÃO PODEM NOS IMPEDIR DE VIVER.
 CONQUISTAR NOS FAZ SOFRER E SUPERAR.
NOS FAZ NÃO QUERER  DESISTIR... 
VIVA, SINTA E SONHE!  CONQUISTE VOCÊ PODE!
A ESTRÉIA DO FILME ESTÁ PREVISTA PARA 9/11/2012...
NÃO PERCAM!


quarta-feira, 8 de agosto de 2012

TGD - TRANSTORNO GLOBAL DO DESENVOLVIMENTO



O TGD (Transtorno Global do desenvolvimento) apresenta 3 características:
  1. Isolamento
  2. Prejuízos na Comunicação/Interação
  3. Esteriotipia 
Segundo o Manual de Classificação:
 
CID - 10 F84 Autismo Infantil

Manifestado antes da idade de 3 anos. Após esta idade é crônico

CID - 10 F84.1 Austimo atípico

Manisfestado após 3 anos de idade
 
CID - 10 F84.2 Síndrome de Rett

Unicamente em meninas

CID -  10 F84.3 
Outro Transtorno Deisntegrativo da Infância

CID - 10 F84.5 Síndrome de Asperger

A criança com TGD apresenta interações diferentes, não significa que não interage. A situação de não corresponder ao normal é nós que significamos. É preciso criar estratégias para ficarmos juntos de modo menos sofrível. Esta criança apresenta um sofrimento psíquico.
Estas crianças escolheram viver sem dor. Viver é dolorido, aprender dói. Devemos ensiná-los sem dor ou com  a menor dor possível.
A palavra "Autismo" foi criada por Eugene Bleur, psiquiatra suiço, em 1911, para descrever um sintoma da esquizofrenia que definiu como sendo uma fuga da realidade.
Kanner e Asperger usaram a palavra para dar nome ao conjunto de sintomas que observaram nas crianças.

Controvérsias a respeito da etiologia

  • A prevalência é 4vezes maior em meninos do que em meninas;
  • Em meninas a síndrome tende a ser mais severa; 
  • Inabilidade inata ou biologicamente determinada para desenvolver relações com o outro;
  • Kanner vioslumbrou uma ligação entre autismo e depressão matern;.
  •  Belizario Filho(Psiquiatra que escreveu documentos do MEC referente Autismo.

Importante
  • Para a  criança com TGD o significado da palavra é único, não compartilha significados, exemplo para o autista não é possivel: manga fruta - manga verbo - manga de camisa, etc.;
  • As coisas são imutéveis: Um copo que se tira do lugar desestrutura, nada pode mudar;
  • Intervençoes causam efeitos(positivos ou negativos);
  • a adaptação é de muito sofgrimento;
  • Deixam de aprender para nao sofrer;
  • Apresentam preocupação excessiva pelo que é imultável (mesmice);
  • Não sealizam inferencias;
  • As crianças apresentam danos na meta-representação(representação da representação), que trata da capacidade de  simbólica;
  • Não tem habilidade para o impulso inicial;
  • Prejuízos na linguagem;.
  • Disturbios de comportamento sociais.
Sugestões de atividadades para o trabalho com crianças TGD e saiba mais.

www.inspiradospeloautismo.com.br/3/5/5.html
http://www.autismo.com.br/

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

DECORAÇÃO PARA O FOLCLORE


Para confecção de todas as  dobraduras a base é o quadrado.  Mudando apenas a cabeça da Cuca e o corpo de Boi Bumbá.
Para estas usei color-set inteira.  As crianças ficaram encantadas devido ao tamanho.
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           SACI                                                              


MULA-SEM-CABEÇA


CUCA
BOI BUMBÁ

Abaixo segue os passos para a confecção da Cuca:


Material necessário:

  • 5 color-sets verdes;
  • Retalhos de papel laminado;
  • Retalho de color-set vermelho;
  • Retalho de TNT amarelo;
  • Retalho de cartolina branca;
  • tesoura;
  • cola.
Veja os passos para a confecção da Cuca:
Corte o color-set  verde no tamanho que preferir em forma de quadrado

Dobre ao meio para formar as partes do corpo e membros
Dobras para formar a cauda da Cuca

Cole

Tronco

Dobre a base inferior para formar a cabeça


Cole para dobrar ao meio

Cabeça

Para os membros superiores e inferiores realize as mesma dobras




Corte um meio círculo com a base retangular para formar os olhos


Recorte retângulos e faça cortes formando a arcada dentária


Uma língua bem comprida!



TNT amarelo para formar lindos cabelos.



Um colorido especial .


Dobre os membros superiores para dar movimento e charme a Cuca.

Que linda! Mas...Cuidado que a Cuca te pega!

Postagem em destaque

CURSO: ESTÍMULO NA SALA DE AULA

Curso de extensão universitária. 100 horas 3 x de 135 reais Tema: O estímulo na sala de aula Ligue: 11 999659448 FONTE:  http://ww...