Google+ Followers

quarta-feira, 29 de maio de 2013

PLANO DE AÇÃO PEDAGÓGICA

Professora AEE - Cláudia Regina Mistreli de Souza
Processo de Adaptação para Inclusão na Sala Regular

Aluno: K.de S. de O.
Avaliação Interventiva - Professora C. R. M.de S.
Motivo: Síndrome de Donw em processo de adaptação
Características: Alegre, curioso, esperto, interage com adultos, participa com alegria, não lida bem com o novo, age por impulsos, não aceita ser contrariado.

Local do Plano de ação –  EMEF L.

Objetivo
Estabelecer convívio conforme o RAADI na dimensão II do comportamento adaptativo.

Objetivos específicos
  • Habilidades sociais
Justificativa
O aluno K. consegue permanecer dentro da sala de aula por pouco tempo, nos momentos de impulsividade em querer sair da sala o aluno descontrola-se ocorrendo momentos de agressividades para com os colegas e com os profissionais. Vimos a necessidades de implementação de ações junto a sala regular para o desenvolvimento pedagógico que contemple todos os apoios necessários a inclusão do aluno .

Metodologia
O aluno passou por avaliação interventiva em dois atendimentos na sala de recursos AEE e observou o aluno apresenta potencial de aprendizagem.
O aluno necessitara de uma estagiária permanente para dar suporte a professora e equipe escolar para as adaptações necessárias do aluno. O aluno iniciará com horário progressivo, ou seja passará por processo de adaptação e assim se ambientará com a rotina escolar.
Será Construído o DIAC (Documento Individual de adaptação Curricular ) com a professora da Sala. Construção da Rotina com professora da sala, professora do AEE, e estagiária .Aplicação da Rotina com apresentação de fotos.

Recursos
Sugere alfabeto móvel, CD e DV E respectivos aparelhos, miniaturas, fotos legendas, livros infantis, papéis variados etc.
Ferramentas computacionais utilizadas na SAAI
Será utilizado com o aluno o sistema de rotina por fotos, um dos recurso da Tecnologia Assistiva, que trata de um sistema de fotos, organizados sequencialmente. No caso do K. serão fotos das atividades a realizar, que irá auxiliar a criança a compreender o que vai fazer. Essas atividades repetem-se segundo determinada ordem, respeitando uma sequência pré-estabelecida em rotina, o exemplo abaixo trata da rotina estabelecida na avaliação interventiva. Na sala regular haverá outros formatos e ser utilizado nos diversos ambientes frequentados pelos aluno.

Exemplo: Sistema de Rotina com fotos com sequência de 6 atividades (Cantar, leitura, crachá, jogos, atividade na mesa, brincadeira no tatame, computador)
Leitura dos Crachás

Momento de jogos

Atividade na mesa (Registros)

Brincadeira no tatame


Atividade no Computador


Acompanhamento dos Resultados
A intervenção junto a equipe escolar e professora será com enfase na construção da rotina e com o apoio no sistema de rotina com fotos e construção do DIAC.
A Rotina será para dar maior tranquilidade ao aluno e assim criar vínculo com a professora, com o colegas e com as ações, o aluno terá horário especial para interiorizar a rotina e sentir-se seguro, será incluída novas atividades de acordo com os objetivos proposto pela professora da sala. Adaptação do horário na perspectiva progressiva, ou seja seu horário será ampliado, respeitando o tempo do aluno
O DIAC auxiliará e tranquilizará a professora em ralação as ações a serem desenvolvidas, o documento terá as características do aluno, o que o aluno consegue fazer, o tipo de ajuda, estilo de aprendizagem e os objetivos que a professora irá propor após conhecê-lo durante o período de adaptação.
A estagiária irá apoiar a equipe diretamente em sala de aula. O acompanhamento do professor do AEE que se dará nos momentos de Jeif . Orientação a família ocorrerá nos horários de atendimentos de pais por convocação, nas reuniões de pais e mestres e quando necessário em carácter excepcional.

Postagem em destaque

Psicoterapia no centro de Poá/SP

Fazer terapia é uma ferramenta que nos permite melhorar nossa qualidade de vida! Psicoterapia no centro de Poá/SP Contato: (11) 3426-5250...