Google+ Followers

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

DEFICIENTES E O ENSINO DA LETRA BASTÃO CAIXA ALTA X LETRA CURVISA

Os deficientes e alunos com dificuldade de aprendizagem deve aprender com letra BASTÃO CAIXA ALTA para depois passar para a CURSIVA.


Durante o  processo da  construção da escrita e apropriação do sistema alfábético, todaa criança passa por  hipóteses da escrita (Ferreiro). Neste processo as crianças de modo geral pensam como, quais e quantas letras são necessárias para escrever as palavras. 
Com o uso da letra cursiva este processo pode se alongar ou até mesmo estagnar

As letras  maiúsculas  caixa alta são as ideais para essae rabalho, já que será possivel visualizar as unidades gráficas de modo isolados e com traçado simples - diferentemente das cursivas, emendadas umas à outras.
 Imagine estes escritos para os alunos que apresentam deficiências, o quanto este processo irá ser dificultoso.



Sabemos que a apresentação  das chamadas "letras de mão" deve ser sim serem apresentadas a elas desde o inicio , quando se tronarem  alfabéticas,  farão a transferencias sozinhas .
Antes de estarem alfabetizadas, elas entram em contato naturalmente com as letras cursivas e as de fôrma minúscula e até podem ser apresentadas a elas, desde que tal contato fique restrito à leitura.

Importante:

  • Não se deve antecipar o processo de ensino da escrita cursiva. 
  • Exigir da criança que comece a escrever a letra cursiva  antes de ela ter maturidade cognitiva e motoras necessárias que costumam surgir em torno dos 6 a 7anos.
  • No caso dos Deficientes esta maturidade cognitiva e motora podem  ocorrer mais tardio.
  • A exigencia da" letra de mão!  tende a resultados de frustação, baixa auto-estima, letra ilegível que podem comprometer o sucesso escolar no futuro dos alunos de modo geral.

Postagem em destaque

Psicoterapia no centro de Poá/SP

Fazer terapia é uma ferramenta que nos permite melhorar nossa qualidade de vida! Psicoterapia no centro de Poá/SP Contato: (11) 3426-5250...